Minicurso confirmado!

Minicurso confirmado!

Os organismos nascem, crescem e vivem como integrantes de comunidades ecológicas. Definidas pela presença de uma ou outra espécie-chave, as comunidades podem ser vistas como arenas de interações mais ou menos autônomas. Um fragmento florestal, assim qualquer outra paisagem local, é a expressão momentânea de uma rede de interconexões envolvendo múltiplas e variadas comunidades vizinhas. Neste minicurso, vamos examinar alguns padrões e processos ecológicos que têm implicações na biologia da conservação, incluindo desde questões centradas em populações locais (e.g., flutuações numéricas ao longo do ano) até aquelas voltadas para fenômenos globais (e.g., gradientes latitudinais de diversidade).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *